Um descrição linda da experiência estética do nascimento e dos primórdios de constituição subjetiva, por Donald Meltzer no prefácio de ‘O Vale da feitura da alma – o modelo pós-kleiniano da mente e suas origens poéticas’ de Meg Harris Willians; ed. Blucher, 2019. “Muito antes do nascimento, talvez já nas primeiras catorze semanas de gestação,…

Ler mais

Anotações encontradas num caderno, construídas sobre a escrita e melancolia na obra de Sebald: “Escrever como invenção insistente, gesto da ordem da busca e realização de um objeto cuja única pertinência se encontra no dizer sincero de sua impossibilidade, no reconhecimento da própria impotência, em uma obra que se expõe e se realiza enquanto sobra…

Ler mais

Num debate recente em um dos grupos de estudo, a proposta era discutirmos o Amor sob uma perspectiva psicanalítica. E todos, sempre tão propensos a discussões acaloradas sobre temas diversos, se calaram. Poucos correram o risco de colocar algo de si no debate. Talvez, imagino, pelo fato de o Amor ser essa dimensão tão íntima,…

Ler mais